Transtorno BIPOLAR: Sintomas, Causas e Tratamento

O transtorno bipolar caracteriza-se por oscilações no humor ao longo da vida, de alto a baixo – eufórico para deprimido, que podem ser leves, moderados ou graves. “O transtorno bipolar é mais frequente dos 18 aos 25 anos. 


No pico da doença, uma pessoa com transtorno bipolar pode apresentar muita energia, pensar e falar mais rápido do que o habitual,  pensamentos podem saltar rapidamente de um assunto para outro, experimentar o que é conhecido por ideias “grandiosas” sobre suas habilidades, ter e uma perda de julgamento e se colocar em dificuldades que seriam normalmente evitáveis, como abandonar o trabalho, gastar o dinheiro que não tem ou se envolver em situações de alto risco.

Em uma fase baixa (ou depressiva), as pessoas têm sentimentos de depressão que pode deixá-las sem esperança; desesperadas, letárgicas, cheias de auto culpa, insegurança, dificuldade de concentração e dificuldade para lidar com a vida cotidiana. As pessoas podem afastar-se de amigos e contatos sociais e terem pensamentos suicidas.


Quais são os sinais e sintomas do transtorno bipolar?


Os sintomas de mania:

  • Aumento da energia, atividade e inquietação;

  • Irritabilidade extrema;

  • Pensamentos rápidos e falar muito rápido;

  • Dorme pouco;

  • Crenças irrealistas sobre habilidades e poderes de um período de duração do comportamento que é diferente do habitual;

  • Comportamento provocador, intrusivo e agressivo;

  • Gastos excessivos.



Os sintomas de depressão:

  • Humor triste, ansioso ou vazio por longo tempo;

  • Sentimento de culpa, inutilidade ou desamparo;

  • Diminuição da energia, sensação de fadiga ou de estar mais lento;

  • Dificuldade de concentração, lembrando, a tomada de decisões;

  • Inquietação ou irritabilidade;

  • Dormir demais, ou não conseguir dormir;

  • Alterações no apetite e / ou perda de peso não intencional ou ganho;

  • Pensamentos de morte ou suicídio ou tentativas de suicídio.


Quais são as causas do transtorno bipolar?

Ainda não foi determinada a causa efetiva do transtorno bipolar, mas já se sabe que fatores genéticos, alterações em certas áreas do cérebro e nos níveis de vários neurotransmissores estão envolvidos.

Da mesma forma, já ficou demonstrado que alguns eventos podem precipitar a manifestação desse distúrbio do humor nas pessoas geneticamente predispostas. Entre eles, destacam-se: episódios frequentes de depressão ou início precoce dessas crises, puerpério, estresse prolongado, remédios inibidores do apetite (anorexígenos e anfetaminas) e disfunções da tireoide


Tratamento :

Transtorno bipolar pode ser controlado, o tratamento inclui o uso de medicamentos, psicoterapia e mudanças no estilo de vida, tais como o fim do consumo de substâncias psicoativas, (cafeína, anfetaminas, álcool e cocaína, por exemplo), o desenvolvimento de hábitos saudáveis de alimentação e sono e redução dos níveis de estresse.

Dra Karina de Carvalho Cintra, médica, pós graduada em psiquiatria,  atende na Psiquiatria Paulista, maior clínica de atendimento ambulatorial de Psiquiatria do Brasil, localizada na Av. Paulista, número 326, 11 andar,  bairro: Bela Vista, São Paulo/SP. CRM SP: 198407/CRM MT: 7480.

70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo